Trio acusado de tentar matar radialista seridoense foi espancado no presídio


Os três homens acusados da tentativa de homicídio contra o radialista seridoense Roberto Oliveira, diretor da rádio Princesa da Serra, de Serra Negra do Norte, foram espancados na tarde de hoje (15) dentro da Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó.

O fato ocorreu quando Francisco Canindé do Nascimento, Francisco Pereira da Silva e Paulo Márcio Rodrigues de Araújo deixaram a área conhecido como “castigo”, onde ficam presos recém-chegados. Eles foram cercados por vinte detentos que os espancaram com socos, chutes e com pedaços de madeira.

Depois que os agentes penitenciários conseguiram prestar socorro, o trio foi levado ao Hospital Regional de Caicó. O quadro clínico é o de Francisco Pereira da Silva, que permanece internado com vários hematomas pelo corpo e uma forte pancada na cabeça.