A beleza em cimento e ferro das artes sacras de "Dedé Carnaúba"


Quem passa nesta terça-feira (15) pela frente da Caixa Econômica Federal de Caicó se admira com o talento do artesão Dedé Carnaúba. Com 17 anos de profissão, Dedé tem se especializado nos últimos anos em confeccionar obras sacras, e três delas estão expostas em Caicó: Santa Luzia na Casa de Cultura, São José e Jesus Cristo no pátio da Caixa Econômica.


Em entrevista ao Blog do Marcos Dantas, Dedé confessou que já trouxe as imagens quase prontas, e os acabamentos vem sendo dados no próprio local, ao ar-livre sob os olhares dos curiosos e pretensos compradores de seus trabalhos. Dedé usa basicamente cimento e ferro, para dar segurança as imagens. “Uma imagem dessa de São José chega a demorar 25 dias para ficar pronta”, disse. O preço da arte pode chegar a R$ 1.500 reais. Dedé Carnaúba se orgulha de já ter confeccionado trinta imagens sacras, e uma delas ter sido vendido para um amante do artesanato na França.


Um dos seus grandes trabalhos ficará exposto também na cidade de Acari. Está sendo concluída a estátua do Maestro Felinto Lúcio, que será afixada em frente a sede da banda filarmônica. A inauguração será em agosto/2014.