EDUCAÇÃO PASSOU LONGE(FOTOS): Argentinos destroem cadeiras do Itaquerão e Fifa nada faz

Untitled-13

Untitled-14

Ao contrário dos educados e limpos japoneses, aos pulos, centenas de argentinos destruíram um grande número de cadeiras do Itaquerão no setor norte do estádio após a vitória de sua seleção sobre a Suíça, na terça-feira. Seguranças da Fifa e do COL (Comitê Organizador Local) nada fizeram para impedir o vandalismo no estádio. O Corinthians prepara um relatório dos danos, ainda não calculados.

O blog obteve diversas fotos que mostram os argentinos em cima das cadeiras, e vários delas destruídas. Também há vídeos. Em nenhuma das imagens, seguranças, que estão ao lado, reprimiram suas atuações, apenas recolhem o que foi detonado. Pelo contrário, a informação obtida pelo blog é de que os contratados da Fifa tentaram impedir as imagens feitas por funcionários do clube.

Um relatório do Corinthians vai apontar o total de assentos destruídos. Já foram feitas fotos e vídeos para provar a destruição. Pelo contrato entre a Fifa e o clube, quem for responsável por danos tem que pagar pelos consertos. O mesmo vale para o mármore do estádio, danificado na colocação de instalações provisórias.

Um relatório corintiano já apontou que outras 175 cadeiras foram destruídas por torcedores ingleses, no jogo contra o Uruguai. Também há relatos a danos em portas de banheiros.

A questão é que só foi comprado um excedente de 5% dos assentos no estádio corintiano para reposição. Se esse total for atingido, não haverá cadeiras substitutas ou terá de ser feita nova compra.

Não é a primeira vez que o Itaquerão sofre com vandalismo sobre assentos. Isso já ocorreu em dois jogos do próprio time, em setores de torcidas organizadas. Mas, na última partida, os torcedores não quebraram nada, após uma campanha da diretoria.