Jovem paranaense crava 7 a 1 e ganha sozinho bolão com 148 mil apostas

"Vi a Seleção com o Fred, o Felipão desorientado e resolvi apostar em um placar que ninguém apostaria", conta o estudante de direito de Maringá, no norte do Paraná

Elton diz que só havia apostado em resultados comuns até então (Foto: Arquivo Pessoal)

Ninguém imaginava que a seleção brasileira seria tão duramente massacrada pela Alemanha em uma semifinal de Copa do Mundo. Ninguém? O jovem Elton Sato, de Maringá, no norte do Paraná, imaginou, sim, que os brasileiros teriam a maior derrota de sua história em mundiais, justamente naquele disputada dentro de casa: ele cravou a derrota por 7 a 1 e venceu, sozinho, um bolão com 148 mil apostas, organizado pelo canal SporTV.

- Eu estava apostando em resultados comuns e não tinha ganhado nada. Aí vi a Seleção com o Fred, o Felipão desorientado e resolvi chutar alto, apostar em um placar que eu sabia que ninguém apostaria. Brasileiro nunca arrisca contra o próprio time. Nem eu acreditava, antes do jogo, que poderia acontecer -, diz.