"Antes de morrer passou aqui e me pediu uma quentinha, tava com fome"

Por Jair Sampaio - José Veridiano, antes foragido de Alcaçuz, residia em Caicó há algum tempo, nos últimos dias vinha sendo monitorado por policiais do serviço reservado da PM, tendo em vista era audacioso e a qualquer momento podia elaborar ações criminosas, por isso a preocupação da PM.
Antes de ser morto, Veridiano passou numa churrascaria no centro da cidade e pediu comida, disse que estava com fome e sem dinheiro, o proprietário do estabelecimento disse que não demorou mais do que 20 minutos, a notícia da morte do investigado chegou à churrascaria.

Nos últimos dias Verediano estava escondido numa residência no bairro Alto da Boa Vista, de onde planejava as ações criminosas. Comparsas do bandido morto o levavam comida ao mesmo tempo colocavam em prática todas as ações pretendidas por Veridiano.

Acostumado a sempre se dar bem nas paradas que fazia, Veridiano ousou em tentar matar inimigos no bairro João Paulo II (dias atrás), contudo os tiros saíram pela culatra e a vingança foi a única saída para seus maiores rivais. A polícia acredita que sua morte está certamente ligada ao acerto de contas.