'Matei e mataria de novo', diz homem que matou o sogro pedófilo a pauladas


Um homem de 32 anos foi preso após matar o próprio sogro, de 57 anos, na noite da última quarta-feira (29) em Atibaia, no interior de São Paulo. De acordo com a reportagem, o crime aconteceu durante um churrasco. 

O criminoso deu golpes com um pedaço de madeira na cabeça do sogro durante a briga. A discussão teria sido causada por uma acusação de abuso sexual contra a a filha do assassino.

Em depoimento, ele confessou o crime e afirmou que o desentendimento foi motivado porque o sogro supostamente abusou sexualmente da neta, de quatro anos. A criança é filha do suspeito, que já era procurado pela Justiça pelo crime de pirataria.