Polícia australiana entra em café de Sydney; dois reféns morrem, diz TV

Refém é amparada por policial após ser liberada.

A polícia de Sydney invadiu o local onde Man Haron Monis, 49, mantinha reféns em Sydney, liberando algumas pessoas na madrugada de terça-feira (16) (tarde desta segunda-feira, 15, em Brasília).

Ao menos duas pessoas foram mortas e três estão em condições graves, segundo a CNN. Houve barulho de tiros durante a invasão.

Seis ou sete pessoas correram para fora do Lindt Chocolat Café, no distrito comercial de Sydney.

Outros cinco já haviam fugido do local nesta segunda.

O sequestro começou na manhã de segunda (noite de domingo em Brasília) e durou mais de 16 horas.