Cobra é achada viva em caixa de correspondência

cobra verde


Uma cobra viva foi encontrada por funcionários dos Correios de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, dentro de uma caixa de correspondência. A encomenda tinha como remetente um endereço do Espírito Santo.

Remetente e destinatário devem responder criminalmente por tráfico de animal silvestre. A multa pode chegar a R$ 5 mil para cada um.

O animal, que é da mesma família da jiboia, foi encaminhado para o Hospital Veterinário da UPF (Universidade de Passo Fundo) para receber cuidados e depois será levado para a Amazônia.

O caso será encaminhado para investigação no MPF (Ministério Público Federal).