Indonésia “adia execução de brasileiro” que tentou entrar com 6 kg de drogas naquele país

A família de Rodrigo tenta impedir que ele seja executado, solicitando a transferência do brasileiro para um hospital psiquiátrico.Segundo imprensa local, execução de Gularte deveria ocorrer ainda neste mês. A Indonésia adiou a execução de prisioneiros, inclusive do paranaense Rodrigo Muxfeldt Gularte, prevista para este mês, alegando que a prisão onde as sentenças de morte seriam cumpridas não está pronta.

Rodrigo, de 42 anos, está preso desde julho de 2004, após tentar entrar na Indonésia com 6 kg de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Ele foi condenado à morte no ano seguinte.