Advogado que negociou com presos afirma: “O Estado está sendo incompetente em resolver problema dos presídios”

IMG-20150317-WA0385
O advogado Fernandes Braga, membro da comissão de Advogados Criminalistas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Norte, fez duras críticas a condução do Governo do estado perante as rebeliões que tomam conta dos presídios potiguares.

Em entrevista exclusiva ao programa Conexão Trairi, da Rádio Santa Cruz AM, na noite de hoje, Fernandes, que esteve negociando hoje com alguns presos em Alcaçuz, afirmou que o estado não consegue atender a exigências mínimas dos apenados. “A situação é extremamente preocupante. Levantamos as necessidades e pedidos dos presos e não há nada de absurdo. São necessidades básicas como a religação da energia, comida adequada aos presos, fim da revista intima que não traz solução a entrada de material ilícito dentro dos presídios. O estado não conseguir atender estes pedidos mostra toda sua inoperância”, afirmou o advogado.

Mostrando total descrença nas ações do estado, Fernandes Braga afirmou que as soluções serão paliativas. “Não adianta construir prisões, contratar agentes se o sistema está equivocado. Os presos também são gente e merecem ser tratados como tal, mas o estado está omisso e as resoluções serão através de sangue e vidas que serão perdidas. Nessa situação, o estado perdeu a guerra, pela inoperância das instituições públicas e de quem as comanda”, finalizou o advogado.

Fernandes Braga ainda afirmou que está deixando a comissão de Advogados Criminalistas da OAB por está decepcionado com as atitudes tomadas pelo estado e a não solução deste problema.