Diretor de presídio pede exoneração e diz que OAB influencia presos

O diretor do presídio Rogério Coutinho Madruga, Osvaldo Júnior Rossato, pediu exoneração do cargo. Ele justificou a decisão recente rebelião na unidade que, segundo Osvaldo Júnior Rossato, teria ocorrido por influência de representantes da OAB e dos Direitos Humanos junto aos presos. Além disso, o diretor da unidade também afirmou que foram feitas promessas aos detentos sem prévio acordo com agentes penitenciários e a direção da unidade.