Adoção é tema da nova campanha da Assembleia Legislativa do RN


Amor não se escolhe. É com este tema que a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte estreia sua nova campanha publicitária, a fim de estimular a adoção sem preconceito. O conceito é para que os futuros adotantes se dispam de critérios de escolha quanto a cor, idade, sexo e outras características físicas. Ser menina, branca e com menos um ano de idade são os critérios que ainda predominam as escolhas.

A campanha vai ser realizada na TV, rádio, jornais, portais de notícia, redes sociais e terá o hotsite: www.amornaoseescolhe.com.br. “Nosso objetivo é conscientizar as pessoas sobre o processo de adoção, incentivando os norte-riograndenses a adotarem”, destaca o presidente da Assemleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza.

Amor não se escolhe vai para a marca e entra no contexto de todas as peças. Segundo dados do Cadastro Nacional de Adoção, até maio de 2015 havia 5.675 crianças registradas à espera de adoção. O número representa 16% do total de pretendentes existentes no cadastro, 33.505.

A campanha que se inicia na comunicação da Assembleia será expandida na Casa Legislativa, com debate sobre o tema através de audiências públicas e em plenário. Uma comissão de servidores irá visitar casas de adoção e secretarias de assistência social em todo o Rio Grande do Norte.