Homem anuncia ataque terrorista em hotel, em Brasília

Hóspedes afirmam que o rapaz fez um refém e colocou um colete de dinamites nele. Corpo de Bombeiros e Divisão de Operações Especiais (DOE) da polícia tentam negociar



O prédio do Hotel St. Peter, no Setor Hoteleiro Sul, foi esvaziado, na manhã desta segunda-feira (29/9), pelo Corpo de Bombeiros. Segundo o hóspede Ari Ferreira, 39 anos, um homem bateu na porta do quarto em que estava, no 13º andar, e anunciou um ataque terrorista. “Ele algemou um funcionário e colocou um colete de dinamites nele”, contou o administrador de empresas. O homem ainda entrou em outros cômodos e pediu que as pessoas saíssem. Ele informava a todos a necessidade de passar uma mensagem à imprensa.

Sequestrador armado mantém refém em a=sacada de hotel em Brasília; colete da vítima tem objetos cilíndricos que supostamente seriam bananas de dinamite (Foto: Gabriel Mayer/Divulgação)

Somente os hóspedes do 13º andar presenciaram o fato. No entanto, os bombeiros chegaram ao local e solicitaram a saída de todos. No momento, os militares tentam negociar com ele. Embora tenham conseguido retirar as pessoas dos apartamentos e os funcionários, o mensageiro ainda é mantido como refém em um dos quartos. Também participam da ação a Divisão de Operações Especiais da Polícia (DOE) e o esquadrão anti-bombas do Bope.

Os irmãos Minotouro e Minotauro, lutadores de MMA (Artes Marciais Mistas, em português), estavam hospedados no hotel no momento da confusão. “Estava no 14º andar. O Corpo de Bombeiros falou que era um vazamento de gás e que precisávamos descer. Só quando chegamos embaixo do prédio que descobrimos o que realmente estava acontecendo”, afirmou Rodrigo Minotauro. O lutador está em Brasília para uma Feira Fitness.