Estado Islâmico passa a usar crianças para execução de pessoas

ESTADO 2


O Estado Islâmico continua espalhando terror pelo mundo e agora adota uma nova modalidade para executar as pessoas: O uso de crianças. O grupo Estado Islâmico (EI) postou nesta terça-feira um vídeo que afirma mostrar a execução por uma criança de um árabe-israelense, acusado de espionar para o serviço secreto israelense.

No vídeo de mais de 10 minutos, é possível ver um homem se apresentar como Muhammad Said Ismail Musallam, vestido com um uniforme laranja, e mostrar seu passaporte israelense. Em seguida, ele é morto com um tiro na cabeça por um garoto.


Após a execução, um jihadista, falando em francês, ameaça atacar israelenses, após se referir ao recente ataque contra judeus na França, e de conquistar Jerusalém. O vídeo continua com uma lista de nomes acompanhados por fotos de homens apresentados como espiões de Israel.