Polícia realiza Operação Dominó e cumpre 29 mandados de prisão em Caicó

domino

Com o objetivo de cumprir mandatos de prisão contra integrantes de uma organização criminosa que agia em Caicó e região, foi deflagrada uma das etapas da “Operação Dominó”, nas primeiras horas desta quarta-feira (22), na cidade localizada na região do Seridó. Ao todo, foram cumpridos 29 mandados de prisão contra pessoas suspeitas de praticarem homicídios, roubos, furtos, tráfico de drogas e associação criminosa.

A Operação foi coordenada pela Delegacia Municipal de Polícia Civil de Caicó e contou com o apoio da Polícia Militar e do helicóptero Potiguar 1,da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). Participaram da ação aproximadamente 160 policiais, entre policiais civis e policiais militares. A Polícia Civil enviou equipes de delegacias especializadas da capital e equipes de delegacias regionais e municipais. A Polícia Militar participou com grupos especializados e com policiais militares oriundos de equipes táticas.

Entre os mandados de prisão cumpridos, 21 foram executados contra condenados que já estavam presos e oito mandados resultaram em prisões,de suspeitos que viviam em liberdade. Além do cumprimento de mandados, foi efetuada a prisão em flagrante de uma mulher por tráfico de drogas.

Foram presos nesta quarta-feira (22), André Santos Lopes da Silva, conhecido como “Mimoso” (33 anos), Tiago Santos Lopes da Silva, conhecido como Tiago Baiano (26 anos), Jorge Ivan Martins Pereira (30 anos), Thalyse de Assis Miranda (18 anos), Wellington Epifânio de Andrade (26 anos),Caio Eduardo Oliveira dos Santos (27 anos), Karla Michele Santos de Melo (23 anos), Mateus Limeira de Azevedo (21 anos) e Pedro Henrique Mayalyson Santos Pereira (22 anos), que também foi preso em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

O delegado Lenivaldo Pimentel, diretor adjunto da Diretoria de Polícia do Interior (DPCIN), salientou que a Sesed não mediu esforços para que a Operação fosse exitosa. “Diante da efetuação dos crimes praticados por esse grupo,estamos aqui para mostrar que a Polícia Civil prende e que vamos prender todos aqueles que estão envolvidos com esta organização criminosa”, destacou a delegada Sheila Freitas, titular da Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor).